"A árvore aonde irá? Se você a cortar nunca saberá"


Quando vi essa árvore em uma estrada por onde passei, me lembrei do filme Pocahontas e daquela sábia árvore...
Eu adorava assistir filmes quando criança, me lembro bem das inúmeras vezes em que a minha mãe me levava à locadora para pegar os filmes dos finais de semana.... na época 3 desses filmes me marcaram, mas não sei explicar com precisão o pq, são eles: Uma babá qse perfeita, O rei leão e Pocahontas. eu pedi minha mãe pra comprar pra mim e assim ela fez, eu tinha essas fitas VHS, mas com as mudanças pelas quais passei eu não sei onde elas foram parar... Talvez estejam no depósito da casa da minha avó... Vou procurar por essa recordação.
Por enquanto assista ao vídeo do youtube.... =P






Pocahontas - Cores do Vento


“Se acha que eu sou selvagem
Você viajou bastante, talvez tenha razão
Mas não consigo ver, mais selvagem quem vai ser
Precisa escutar com o coração, coração....
Se pensa que essa terra lhe pertence
Você tem muito ainda o que aprender
Pois cada planta, pedra, ou criatura
Está viva e tem alma, é um ser
Vê que só gente é seu semelhante
E que os outros não tem o seu valor
Mas se seguir pegadas de um estranho
Mil surpresas vai achar ao seu redor
Já ouviu um lobo uivando pra a lua azul?
Será que já viu um lince sorrir?
É capaz de ouvir as vozes da Montanha?
E com as cores do vento colorir?
E com as cores do vento colorir?
Correndo pelas trilhas das florestas
Provando das frutinhas o sabor
Rolando em meio a tanta riqueza
Nunca vai calcular o seu valor
A lua, o sol e o rio são meus Parentes
A garça e a lontra são iguais a mim
Nós somos tão ligados uns aos outros.
Nesse arco nesse círculo sem fim
A árvore aonde irá? Se você a cortar nunca saberá
Não vai mais o lobo uivar para a lua azul
Já não importa mais a nossa cor
Vamos cantar com as belas vozes da montanha
E com as cores do vento colorir
Você só vai conseguir
Dessa terra usufruir
Se com as cores do vento colorir”

4 Comentários:

Tigre Branco disse...

Eu tenho cortado muitas árvores pois tenho medo de onde elas possam parar. Acho que estou matando muitas coisas simplesmente pela segurança de um território que eu já conheço.

Gabriel Knoll disse...

Um tanto de coisas pra comentar. Árvores, filmes, recordações. Acho mais minha praia comentar os filmes.

Por serem muito bonitos (tirando o Rei Leão! Porque quando o Mufasa morre... dá pena do Simbá) nunca gostei muito. Preferia algo mais realístico... preferia que a ficção fosse melhor contada. Tiro isto pelo Alice da Disney.

Bee disse...

lindoo !
eu gostava muito desse filme
as arvores são muiito preciosas! Falei sobre isso no meu blog. Elas nos ajudam, e muito, se sumirem nós tbm sumimos.

http://pensamentoseteoriasdeadolescente.blogspot.com/

Anônimo disse...

É, as arvores sao algo muito precioso. Pena que pouca gente dá valor.

/
 
© 2009 | As 4 estações. | Por